gôndoles Veneza

Curiosidades sobre Veneza são paixão para mim, tal como a cidade em si. É a terra dos meus avós e um dos locais mais lindo de todo o mundo.

Quem nunca sonhou em conhecer esta linda localidade italiana? Impossível falar de Itália e não falar de Veneza, considerada uma das cidades mais românticas do mundo e assim como a bela Paris,

Veneza é uma das cidades mais filmadas e fotografadas do planeta. Apesar dos preços nada convidativos, com certeza vale a viagem e a oportunidade de conhecer toda magia de Veneza. Abaixo, algumas curiosidades sobre Veneza:

Mais de 30: fatos sobre Veneza

1- Veneza é uma ilha

A cidade é construída sobre as águas e isto foi algo facilitado pelo fato de ser uma ilha, que aliás é formada por um total de 124 pequenas ilhas ligadas umas às outras quando a mítica cidade foi construída.

2 – A ilha tem a forma de peixe

A cidade em si está completamente ligada à água. Além de ser uma ilha repleta de canais, tem ainda o formato de um peixe. Existe no seu aspeto até uma “tripinha” que corresponde ao seu Canal Grande.

3 – As ilhas são ligadas por cerca de 400 pontes

Toda a construção de Veneza é incrível. Sabia que foram necessárias cerca de 400 pontes para ligar todas as ilhas pequenas e construir aquilo que hoje conhecemos?

4 – Duas pontes ligam Veneza ao continente

Apesar de dentro de Veneza existirem 400 pontos a ligar a cidade, apenas a Ponte da Liberdade (Ponte della Libertà) que tem quase 4 km de comprimento e a ponte usada para chegar de trem até à cidade.

5 – O transporte é restrito

Devido ao formato e construção da ilha o transporte é restrito. Ou se anda de Vaporetto, o ônibus barco, táxi barco, gôndola, ou a pé. Carros e ônibus normais chegam apenas até a uma ilha de estacionamento conhecida por Tronchetto.

6 – Pode ter de alugar um barco

Para muitos turistas em Veneza a viagem apenas vale a pena se alugar um barco e passar pelos canais da cidade.

Acredita, esta é uma das curiosidades sobre Veneza que vai ter dado jeito ler, pois o transporte acaba por ser ruim.

7 – O Carnaval é mundialmente famoso

O Carnaval de Veneza é mundialmente famoso pela beleza das fantasias e das máscaras que os moradores e os turistas utilizam para esconder a sua verdadeira identidade e aproveitar a época.

Ao visitar a ilha tem de incluir esta festa nos seus planos. As máscaras se encontram em vários lojinhas pela ilha portanto não tem desculpa para não participar. O carnaval, por curiosidade, chegou a ser abolido por Napoleão, mas voltou.

8 – Veneza tem 54.500 habitantes

A ilha em si não tem assim tantos habitantes, apenas 54.500 pessoas vivem em Veneza. Estima-se que cerca de 2.000 a deixem a cada ano que passa por vários motivos: incluindo a especulação imobiliária e a dificuldade de viver num local assim.

9 – Recebe cerca de 15 milhões de turistas por ano

As dificuldades de quem vive em Veneza não são sentidas pelos turistas, que são cerca de 15 milhões por ano. A cidade é famosa um pouco por todo o mundo e o romanticismo criado atraí milhões de pessoas.

10 – O trabalho envolve turismo

Estima-se que cerca de metade dos postos de trabalho que existem em Veneza estejam envolvidos com o turismo. Para os habitantes, o mais provável é trabalharem no turismo ou conhecerem alguém que o faz devido ao tamanho da indústria.

11 – No Século X tinha uma valente frota

No Século X Veneza não era só uma grande atração para turistas mas uma força a ser reconhecida. A sua frota, de fato, era uma das maiores de toda a Europa.

12 – O patrono da cidade é São Marcos

A única praça de Veneza, a Praça de São Marcos, tem uma valente abundância de fotógrafos, turistas e pombos. É dos poucos espaços urbanos grandes da cidade, e foi criada em frente á Basílica de São Marcos.

13 – O símbolo é o leão

O símbolo da cidade de Veneza é o leão, por causa de São Marcos, o seu patrono. Diz a lenda que este fez várias pregações pela ilha antes de existir a cidade, tendo um dia aparecido um leão a dizer que lá repousava eternamente o santo. O corpo do santo está na Basílica de São Marcos.

14 – Nesta cidade nasceram seis Papas

A religião está muito enraizada em Veneza, tanto que na cidade nasceram seis Papas, sendo eles: Gregório XII, Eugênio IV, Paulo II, Alexandre VIII, Clemente XIII e Pio X.

15 – As gôndolas são utilizadas por turistas

As gôndolas de Veneza, as cerca de 425 que existem por toda a ilha, são também utilizadas por turistas sendo que um passeio nelas de 30 minutos custa 80 euros. Depois das 19h, o preço sobe para os 100 euros – o preço é das curiosidades sobre Veneza que não dá gosto saber.

Em cada gôndola cabem até seis pessoas, e são usadas também para casamentos ou outros festejos. Os gondoleiros passam por rigorosos processos de avalia, precisando de conhecimentos históricos e linguísticos.

16 – Veneza tem 200 igrejas

Apesar de ter uma área de apenas 412 km2, a ilha de Veneza tem 200 igrejas. Como referimos, a religião está muito enraizada na cidade.

17 – Veneza é praticamente zona sem carros

Como foi construída sobre água, Veneza é essencialmente uma zona sem carros onde as vozes das pessoas são ouvidas e onde a poluição sonora provocada por veículos é quase inexistente: um verdadeiro paraíso.

O transporte dentro da cidade, lá está, fica dificultado portanto deve aproveitar esta curiosidade sobre Veneza para ir preparado.

18 – A ilha tem 3.000 vielas

A cidade tem um total de seis bairros e 3.000 vielas. Os bairros são divididos por “sestieri.” Todos são muito atraentes e valem a pena a visita.

19 – Veneza tem cerca de 400 lojas de souvenirs

Espalhadas pelos seus canais e pelas ruas principais encontram-se cerca de 400 lojas de souvenirs em Veneza. Isto para ir de encontro à procura causada pelos seus cerca de 15 milhões de turistas por ano.

20 – A bebida popular é o Spritz

Esta bebida não é mais do que um copo de vinho branco servido como aperitivo, mas é adorado por quem vive e quem visita Veneza. Avisamos que são fortes, logo devem ser bebidos moderadamente.

21 – Os pratos típicos são do mar

Por mais incrível que possa parecer, em Veneza os pratos típicos estão também relacionados com o mar, na ilha que tem formato de peixe. São a S opa de Peixe (Zuppa Pesce), Mariscos, Camarões, etc.

22  – Os preços são ‘salgados’

Na ilha de Veneza, em parte devido ao fraco acesso de transportadoras aos negócios locais, os preços não são nada baratos.

Algumas curiosidades sobre Veneza não são fáceis de aguentar, tal como esta, mas a verdade é que deve ir preparado.

23  – O edificio Campanille é o mais alto da cidade

Neste edifício poderá vir a ter a melhor vista de toda a Veneza por causa da sua altura. Há que aproveitar bem tudo o que poder nesta viagem logo marque já o edifício Campanille como um ponto a visitar.

24 – Rialto é o núcleo mais antigo

Rialto sempre foi o coração de Veneza, tendo até alguns dos bancos mais antigo de todo o mundo surgido aqui para ajudar com as trocas e o comércio que era feito com o Oriente.

Existia em Rialto um enorme mercado divido de acordo com os produtos que eram vendidos. As divisões eram a Casaria, onde se vendiam queijos, a Erbaria, onde se vendiam ervas, e a Naranzeria, onde eram vendidas frutas cítricas e relacionadas. Hoje, ainda se vende peixe e frutas por lá

25 – O lixo é coletado por barcos

Pela falta de carros na ilha, o lixo é coletado por barcos de forma seletiva. Em alguns bairros os neturbini, lixeiros, recolhem os sacos do lixo enquanto em outros são os moradores a levar o lixo para os barcos do mesmo.

26 – Há uma ilha para cemitério

Esta ilha, muitas vezes conhecida com o cemitério apenas, fica entre Veneza e Murano e chama-se Ilha de San Michele (São Miguel). Depois de Republica cair, virou o cemitério da cidade em 1804.

27 – Época de chuva tem tempestades

Se for visitar Veneza numa época de chuva prepare-se: nesta altura há grandes tempestades e pequenas inundações por todo o lado. O ser feita de uma ligação de ilhas certamente não terá ajudado.

28 – Os Venezianos falam duas línguas

Apesar de língua oficial em Veneza ser o italiano, existe uma outra língua bastante falada por lá, chamada de vêneto. Hoje em dia é considerada dialeto de italiano mas é uma língua romântica que surgiu na região de Vêneto.

Os emigrantes italianos chegaram a levar o vêneto para a Região Sul do Brasil, mas por cá a variante acabou por se tornar no conhecido Talian, também conhecido por vêneto brasileiro.

29- A cidade afundou mais de 20 centímetros

A constante extração da água subterrânea e a elevação do nível das águas a nível mundial estão afazer com que Veneza vá afundado muito por ao longo do tempo – cerca de 2 milímetros por ano. É assustador uma cidade tão bela estar tão lentamente a desaparecer, mas muito já se tem feito quanto a isto.

30 – O ‘Ciao’ nasceu em Veneza

No passado os venezianos tinham uma expressão que era “s´ciavo vostro’ que queria dizer “ao vosso dispor.” Com o passar do tempo a expressão foi se encurtado para “s´ciavo” e nos dias de hoje já de tornou apenas Ciao.

Este é uma das curiosidades sobre Veneza que poucos conhecem, pois é uma forma reduzida de dizer “oi” ou “dar tchau” em Itália mas poucas pessoas conhecem a verdadeira origem da palavra.

31 – Há lenda de amor para sempre

Apesar de um passeio romântico de gôndolas ser bastante caro, tal como todo o resto em Veneza, reza a lenda que os casais apaixonados devem trocar um beijo ao passar na Ponte dos Suspiros para que o amor dure para sempre. Não sabemos se é verdade, mas tentar não custa.

Apesar dos pesares, Veneza é com certeza um dos lugares mais romanticos do mundo para se estar ao lado de quem ama. E assim terminamos as nossas curiosidades sobre Veneza. Só falta dizer uma coisa:

Boa viagem!

15 COMENTÁRIOS

  1. veneza e uma cidade muito interessante e linda que leva muimtas pessoas a SONHAR em passar uma temporada la . pois ha lugares encantadores que talves surpreenda as parte encantadas do nosso brasil….

  2. tava a fazer um trabalho sobre veneza e encontrei este site.
    e por incrivel que pareça tambem estava a ler o livro do cavaleiro da dinamarca e a minha professora pediu-nos para fazer um trabalho sobre isto.
    ajudou-me imenso este site.
    obrigada. 😀

  3. Tas a gozar bia o meu trabalho tambem e sobre veneza porque tive de ler o livro do cavaleiro da dinamarca.
    a serio.

  4. Bem eu estive a ver os comentários e pensei, TODA A GENTE TEM O MESMO TRABALHO DE PORTUGUÊS QUE EU?
    Porque tipo, mesma data (Dezembro) e é de Português..
    Bem o meu é um trabalho de grupo sobre o Cavaleiro da Dinamarca, é uma seca, o meu stôr de Português PREGUIÇOSO foi tirar à net em vez de se dar ao trabalho de fazer ele próprio…

    Mas tirando isso olhem o site foi muito bom para o meu trabalho ^^ Obrigada, a sério 😀

  5. amei esta cidade, estive lá e fui bem recebida pela comunidade.
    A variedade de pratos e belezas de veneza fazem dela realmente uma cidade romantica

  6. Estive em Veneza e foi maravilhoso. em minha opiniao uma das cidades mais lindas do mundo. Vale a pena conhecer!

  7. Extraordinária pesquisa com resultados até hoje não esclarecidos minuciosamente. Agradeço o Google por me dar esse fantástico presente!
    Sempre fui admiradora e sobretudo curiosa em pesquisas culturais sobre
    Países e suas originalidades.
    Pertenço a famílias európéias ( Girotto; Zen; Pegoraro;Ramón; Aver ), e sei
    poucas coisas a respeito.
    Obrigada Google! sou sua fã número UM!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here