A herança cultural indígena continua bem presente na realidade do Brasil contemporâneo. Podemos encontrar fortes evidências dessa herança em praticamente todos os aspetos do quotidiano brasileiro.

Esta realidade é tão proeminente que basta sairmos de casa para sermos facilmente confrontados pela mesma, uma vez que em praticamente todas as regiões do país é possível encontrar, sem qualquer tipo de dificuldade, bairros com nomes caracterizados por raízes indígenas. De seguida daremos a conhecer alguns dos bairros mais proeminentes do Brasil.

Ipanema

No que toca a bairros com nomes indígenas, Ipanema é, sem qualquer sombra de dúvida, um dos mais populares e emblemáticos de todos eles. Localizado na zona sul do Rio de Janeiro, Ipanema pode ter, no idioma “tupi”, uma destas três definições: “água ruim, rio sem peixes”; “água fedorenta” ou “rio amarelo”. O nome deste bairro é uma referência direta a São João do Ipanema, cujo nome foi inspirado no Rio Ipanema.

Cocotá

Cocotá é um bairro situado na zona norte do Rio Janeiro, e também ele de origem indígena.O nome pode ser literalmente traduzido para “roças” e faz referência aos primeiros cultivos realizados pelos habitantes da Ilha do Governador.

Cacuia

O bairro Cacuia fica localizado na área central da Ilha do Governador, pertencente ao estado do Rio de Janeiro. O seu nome, de origem indígena, pode traduzir-se como “mato que cai, que se desprende”.

Camorim

Situado no Bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, Camorim é uma palavra pertencente ao idioma tupi, que pode ser traduzida como “robalozinho”. Esta região costumava pertencer a Gonçalo Correia de Sá e foi outrora conhecida como “Pirapitingui”, que significa “peixe de escamas brancas”. 

Cachambi

Conhecido por ser bairro de classe média, Cachambi é um bairro de nome índigena localizado no norte do Rio de Janeiro. O seu nome tupi pode ter diversas definições, entre elas “laço que amarra o capim” e “mato trançado”. É um bairro bastante conhecido e apreciado pelo seu público alvo, que faz fronteira com tantos outros também de classe média, como é o caso de Méier, Todos os Santos, Del Castilho, Engenho de Dentro e Engenho Novo.

Leia também: Nome Indígenas de Cidades Brasileiras

Mooca

Mooca fica situado na zona oeste do município de São Paulo, e é considerado um bairro muito tradicional habitado maioritariamente por moradores de classe média. De acordo com a literatura existente proveniente de historiadores, a palavra “Mooca” pertence ao idioma tupi, podendo significar “fazer casa” ou “ares amenos”. Curiosamente, esta expressão começou por ser usada como referência aos primeiros habitantes caucasianos da região, que construíam as suas casas com recurso ao barro.

Pacaembu

Pacaembu localiza-se na zona oeste e central do município de São Paulo e é conhecido por ser um “bairro nobre”, muito popular entre os mais abastados. O seu nome, também de origem tupi, tem um significado muito simples: “terras alagadas”. Este nome é uma referência directa à geografia da região, caracterizada por imensos rios que durante as épocas de grandes chuvas costumavam alagar por completo os caminhos de terra dos indígenas, dificultando assim a sua passagem.