mesquita de Nouakchott
Marque já a sua próxima viagem através do Booking.

Na Mauritânia o que não falta são pontos turísticos, apesar da sua localização no noroeste da África. Este país era habitado por povos antigos e nômades que passavam para obter comida, bebida e para se casar, logo deixaram herança.

A Mauritânia, que significa terra dos mouros, em latim, tem no seu território vários pontos turísticos atraentes, tanto de patrimônio cultural como natural. Entre eles encontramos um imponente deserto, montanhas, e até uma cratera +única no planeta.

O primeiro ponto turístico da Mauritânia a referir é claro o Museu Nacional, que tem vários artigos que contam a historia de como surgiu a herança destas terra dos mouros e muito mais. Se fizer turismo na Mauritânia tem de o visitar, mas também estes pontos turísticos:

Ben Amera

Começamos pelos pontos turísticos da Mauritânia de patrimônio natural, sendo Ben Amera a maior montanha monolítica de África, com 633 metros de altura acima do deserto. É a segunda maior montanha deste tipo no planeta, apenas atrás da Uluru na Austrália.

Alguns argumentam que se tirarmos as areias do deserto que tapam o resto da rocha, esta pode vir a ser a maior, mas não é preciso sê-lo para a apreciar. Ben Amera é um dos principais atrativos da via ferroviária que une Nouadhibou e Zouerate.

Mesquita de Chingueti

Na Mauritânia encontra a mesquita de Chingueti, que em tempos foi um centro religioso criado pelos próprios fundadores da cidade oásis de Chingueti. Estima-se que a mesquita tenha sido construída entre o século treze a catorze.

Alguns estimam que a torra desta mesquita, o seu minarete, seja o segundo mais antigo ainda em uso de todo o mundo islâmico. Esta mesquita foi restaurada em 1970 através de um plano da UNESCO, apesar de continuar a ser ameaçada pela desertificação, tal como a cidade de Chingueti toda.

Estrutura de Richat ou ‘Olho de África’

A Estrutura de Richat, também muitas vezes apelidada de ‘Olho de África’ é uma estrutura próxima da cidade de Ouadane, que por sua vez foi fundada em 1147 pela tribo berbere Idalwa el Hadji.

A Estrutura possui cerca de 50 quilômetros de diâmetro e é apenas, na sua totalidade, visível do espaço sideral. Foi descoberta em 1965 e permanece um enigma para os cientistas que não entendem a sua formação. A última interpretação é que poderá ter sido resultado de uma erupção vulcânica.

Visitar este ponto turístico da Mauritânia dá-lhe oportunidade de ver um enigma científico em primeira mão – algo raro nos dias de hoje.

Parque Nacional Diawling

O Parque Nacional Diawling fica no sudoeste da Mauritânia perto do rio Senegal, e tem mais de 220 espécies de pássaros identificadas. Estas incluem pelicanos, flamingos, e muito mais. Tem também muitos outros tipos de animais, incluindo mamíferos.

Devido ao excesso de caça e a sucessivas secas na zona várias espécies foram extinguidas. Apesar de existirem lobos, macacos, linces, e javalis no parque Diawling, já desapareceram de lá hipopótamos, leões e crocodilos. Se visitar a Mauritânia não perca este ponto turístico pois as coisas estão a mudar rapidamente.

Cratera Tenoumer

Fonte: Wikipedia

Pouco há a dizer sobre a cratera Tenoumer. Está localizada no deserto do Sahara, dentro do território da Mauritânia, e tem 1,9 quilômetros de diâmetros. Acredita-se que já tem mais de 21,400 anos e mostra-nos o quão sensível o nosso planeta na realidade é.

Ilha Tidra

A ilha Tidra está localizada na costa de Banc d’Arguin, na Mauritânia, e é bastante pequena. Lá encontra o povo Imraguen, conhecido por ser um povo pescador. A ilha em si faz parte do Parque Nacional Banc d’Arguin.

Tidra tem mais algumas ilhas pequenas perto de si, mas esteve em tempos ligada ao continente em si, há cerca de 6,000 ou 5,000 anos atrás. A comunidade local tem herança cultural e histórica para conhecer.

Galeria Zeinart

A galeria Zeinart é das mais famosas da Mauritânia onde pode encontrar arte contemporânea que incluiu peças criadas à mão, joias e outros designs. A galeria trabalha diretamente com artistas e artesãos locais e tem exibições mensais. Tem também um mercado gastronômico duas vezes por mês.

Kediet ej Jill

Fonte: Wikipedia. Monto visto do espaço, foto por NASA

Kediet ej Jill é mais uma montanha localizada na Mauritânia, com 915 metros de altura, sendo o ponto mais alto do país africano. Esta tem uma particularidade: o seu campo magnético é forte e como tal bússolas e outros aparelhos semelhantes não funcionam aqui.

Outros pontos turísticos da Mauritânia

Este país tem muito mais para oferecer, e seria um processo penoso olhar a todos os seus pontos turísticos. Já falamos aqui em alguns dos principais mas vale a pena rever os que pode também querer ver na sua visita.

  • Ama?lîch
  • Adrar Plateau
  • Baia de Arguim
  • Dhar Tichitt
  • Dakhlet Nouadhibou
  • Lac de Mâl

Na sua visita não se esqueça da capital da Mauritânia, que por si só é ponto turístico por poder estar no meio dos locais e ver o dia a dia no país.